A moda como identidade e transformação no projeto Free Free

A forma de nos vestirmos é fonte de expressão. Nossas roupas são, na verdade, uma segunda pele: um reflexo do nosso humor, do nosso gosto e também dos nossos sonhos. Trata-se, portanto, de um meio para fortalecer identidades e criar um vínculo transformador entre mulheres.

Acreditando nisso, e depois de 10 anos de atuação no mercado fashion, Yasmine Sterea criou o projeto Free Free: moda como um conceito muito além da mistura de estilos e estampas.

Yasmine tem no currículo diversas colaborações em revistas do ramo, além de experiência como editora e stylist. Foi por meio dessa perspectiva dos bastidores da moda que ela passou a enxergar nas roupas uma forma de expressar a individualidade sem abrir mão do coletivo.

Já foram dois workshops com vítimas de violência. Mês que vem, ela traz o projeto pela primeira vez à capital.

Vem comigo saber mais!

 

O conceito é novo e, neste mês de agosto, o projeto Free Free funcionará como um canal de informações sobre ideias de liberdade e empoderamento feminino. Yasmin Brunet, Sabrina Sato, Thaila Ayala, Donata Meirelles e Alexandra Loras apoiam a iniciativa do autoconhecimento por meio da moda.

 

A proposta ainda serve como plataforma para jovens fotógrafos, designers e estilistas divulgarem seus trabalhos na forma de vídeos, fotos e animações. Para um espaço no site e nas redes sociais do Free Free, valem tanto as artes feitas exclusivamente para o projeto como outras que os autores se sentirem à vontade em enviar para o site.

Em 2019, ao final da temporada, a Exposição Free Free exibirá os 20 melhores projetos. A partir daí, quem se interessar poderá adquiri-los num leilão que arrecadará fundos para causas sociais.

Serviço:

Experiência Free Free Fashion
16/9, de 10h a 13h
SIG Quadra I, Número 975
Contato: hello@freefree.art
Site: www.freefree.art

 

DIVULGAÇÃO/FREE FREE